AO VIVO
Fechar
© 2022 - Rádio Progresso Todos direitos reservados

Mulher faz ‘L’ em manifestação em SC, bate carro em PM e tenta fugir a pé

Após bater na viatura da PM, guarnição fez teste de bafômetro na condutora.

Por Rádio Progresso
Postado em 21 de novembro de 2022 às 19:00.00

Foto: Divulgação | ND+

A PM (Polícia Militar) de Blumenau, no Vale do Itajaí, foi acionada na noite de domingo (20) para uma ocorrência de atrito verbal em frente ao 23º BI (Batalhão de Infantaria). No local, encontrou uma mulher alcoolizada, conduzindo um veículo e discutindo com as pessoas que manifestavam em frente ao quartel do exército.

De acordo com o relato de pessoas que estavam na manifestação e entraram em contato com a ND, uma mulher passou em frente aos manifestantes buzinando e “fazendo o L”, gestual que remete ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva,  para as pessoas que estavam na manifestação em frente ao quartel.

No vídeo, é possível ver que algumas pessoas aplaudem e gritam para a mulher quando ela é abordada pela PM.

Alguns manifestantes chegaram a dar tapas no carro da mulher. Após, ela teria ido para casa e voltado com mais uma pessoa para “continuar a provocar e filmar os manifestantes”, segundo relatos.

A guarnição da PM foi acionada para conter a situação. Quando chegou ao local, a mulher seguiu na Rua Amazonas, no bairro Garcia, mas ao realizar uma conversão à esquerda para adentrar na Rua Campos Novos, efetuou uma manobra em marcha ré e acabou colidindo com a viatura da PM.

Ao falar com a condutora, a guarnição constatou que a mulher apresentava sintomas de embriaguez. Os policiais lhe ofertaram o teste do bafômetro, que a condutora aceitou fazer.

A GMT (Guarda Municipal de Trânsito), que também estava no local, fez o teste que indicou a quantidade 0,63 mg/l de álcool no ar expelido, excedendo o limite previsto por lei, que é 0,32 mg/l.

O relato dos manifestantes é de que neste momento a mulher tentou fugir a pé, porém a Polícia Militar não confirmou a informação. Entretanto, diante dos fatos, a mulher recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzida a Central de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Fotos:
Fonte: ND+