AO VIVO
Fechar
© 2021 - Rádio Progresso Todos direitos reservados

São Miguel do Oeste abre inscrições para segunda etapa do Projeto Juro Zero

Serão beneficiados agricultores, microempresas e microempreendedores individuais, com financiamentos entre R$ 5 mil e R$ 12 mil, e juros 100% pagos pelo Município.

Por Rádio Progresso
Postado em 27 de julho de 2021 às 15:00.00

O Município de São Miguel do Oeste abriu as inscrições para a segunda etapa do Projeto Juro Zero. Os interessados em participar podem comparecer à Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, junto à prefeitura, para efetuar o cadastro.

De acordo com o prefeito, Wilson Trevisan, na primeira edição do Projeto, que integra o Programa Agora é Crescer, o Município beneficiou cerca de 300 agricultores, microempresas e microempreendedores individuais, pagando os juros de financiamentos sobre o limite total de R$ 3 milhões. 

“Devido à intensa procura registrada, e também ao momento de pandemia, agora ampliamos este limite para R$ 4 milhões. É a nossa forma de estender a mão àquelas pessoas que acreditam em São Miguel do Oeste, que trabalham e investem em nossa cidade”, destaca o prefeito.

Deste valor, serão R$ 2,5 milhões para agricultores, que poderão solicitar até R$ 12 mil para devolver em oito parcelas anuais; e mais R$ 1,5 milhão para microempreendedores individuais e microempreempresas. No caso dos MEIs, serão até R$ 5 mil por beneficiado, a serem pagos em 12 parcelas mensais; para as MEs, serão R$ 10 mil, também com prazo de 12 vezes mensais. 

O vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Sustentável, Edenilson Zanardi, explica que, para os MEIs e MEs, a prioridade dos financiamentos, que terão 100% dos juros pagos pelo Município, é para investimento em capital de giro; já para os agricultores, os valores devem ser investidos, preferencialmente, em estruturas que melhorem as condições de abastecimento de água nas propriedades.

Zanardi salienta que, mesmo em meia à pandemia, a economia local não parou de crescer, e o Município procura ser parceiro dos empreendedores para garantir este desenvolvimento. O vice-prefeito cita que, desde janeiro do ano passado até o mês de maio deste ano, segundo dados do Caged, São Miguel do Oeste registrou um saldo de 1.128 novas vagas de trabalho.

Fotos:
Fonte: Ascom