AO VIVO
Fechar
© 2020 - Rádio Progresso Todos direitos reservados

Voluntariados da Cooper A1 de Descanso realizarão jardinagem e ornamentação da ala psiquiátrica do hospital

Por Rádio Progresso
Postado em 03 de junho de 2020 às 11:00.00
Ouça:
Ouça na íntegra a entrevista Wanderlei, Ivanir, Paulo Cesar e Luiz Carlos.

O voluntariado está inserido no que se refere ao cooperativismo, destacando inclusive o sétimo princípio do cooperativismo, o interesse pela comunidade. Visando o grupo voluntariado já existente da unidade de Palmitos, a Cooper A1 unidade de Descanso seguiu a mesma linha.

O gerente da unidade de Descanso, Wanderlei Balbinot, comenta sobre a criação do grupo de voluntariados da Cooper A1 de Descanso. Segundo ele, o coordenador do projeto é o engenheiro agrônomo, Ivanir Polezzi, tendo como secretária, Lucimari Provensi, estes serão, portanto, os responsáveis pelo andamento do serviço. Cerca de 70% dos funcionários aderiram à ideia, é um serviço prestado fora do horário de trabalho sem remuneração.

"Diante disso, uma das opções avaliadas no momento, foi o Hospital de Descanso. É uma atividade que beneficia toda a comunidade de Descanso e também de Belmonte. A ação decidida foi a ornamentação e jardinagem da ala psiquiátrica que está sendo construída no Hospital do município". Comentou Balbinot.

Wanderlei diz que atualmente esta é a tarefa empregada aos voluntariados da Cooper A1 de Descanso, mas, o grupo permanecerá em atividade para atender a outras demandas do município se necessário. "A princípio é ajudar pessoas carentes e que necessitam de auxílio em alguma tarefa, com o propósito de melhorar a vida do indivíduo e consequentemente, da comunidade".

O coordenador do grupo de voluntariados da Cooper A1, Ivanir Polezzi, comenta sobre o trabalho a ser feito na Unidade Hospitalar de Descanso. Segundo ele, no primeiro momento, será o serviço de ornamentação e jardinagem, já foi realizado uma vistoria no local, rumando agora para a adequação do terreno para posterior implantação da ornamentação. Ele ressalta ainda, que terá um espaço aberto, destinado aos internados que possam interagir com um ambiente diferente, fora das quatro paredes.

"Quem precisar de auxílio do grupo de voluntariados poderá estar entrando em contato com o Gerente da Cooper A1 de Descanso Vanderlei Balbinot, ou também com o Coordenador do grupo de voluntariados da Cooper A1 Ivanir Polezzi".

O diretor da Fundação Médica Hospitalar de Descanso, Paulo Cesar Busnello, explica a implantação da ala psiquiátrica no Hospital do município: “O projeto já está em andamento desde 2017, o retorno estava sendo difícil, até conseguir uma reunião com o Secretário de Saúde do Estado, o qual demonstrou grande interesse pelo protocolo adotado. Alguns ajustes foram recomendados e o projeto foi reavaliado pelo estado para então ser autorizado o atendimento a saúde mental no Hospital de Descanso”.

Segundo Busnello, o objetivo é disponibilizar 10 leitos para esta ala, com o intuito de ajudar pessoas que possuam algum problema mental, ou mesmo dependência química de substâncias. "O hospital já possui o projeto para adequação dos leitos para ala prontos, além de possuir uma equipe de profissionais, especializada na área".

O diretor também agradece a disponibilidade do grupo voluntariado em prestar serviços em prol do Hospital de Descanso. A primeira ideia constava ser uma horta, porém, neste momento, o mais adequado para a área, seria a área para ornamentação. Outro ponto positivo, é que o espaço utilizado, além de grande, estava inutilizado.

Paulo ressalta que a a documentação ajustada estará sendo enviada ao governo do estado em breve, e o retorno promete ser rápido, além disso, com a ajuda do grupo de voluntariados, várias decisões puderam ser avaliadas precocemente, antecipando um trabalho que poderia ser demorado em ocasiões normais.

O presidente do Conselho Curador do Hospital de Descanso, Luiz Carlos Morosini comenta sobre as contribuições e repasses realizados ao Hospital de Descanso no ano de 2020. Morosini destaca que várias doações foram feitas, incluindo o Judiciário de Descanso, que auxiliou financeiramente na compra de equipamentos e também no sistema de canalização do oxigênio.

"Outras entidades também ajudaram como a Cooper A1 doando cerca de R$ 20.000,00, a Sicoob com R$ 17.000,00, a Sicredi com R$ 4.000,00. Ele também agradece pela live realizada por Júlia e Eduardo Balbinot e Vinicius Czarnobay, a qual arrecadou muitos alimentos e materiais, além da arrecadação financeira".

A contribuição por parte da comunidade na conta de energia elétrica também auxilia bastante o movimento econômico do Hospital. Luiz reforça o agradecimento à Cooper A1 de Descanso pelo auxílio prestado neste momento sobre a ala psiquiátrica, que será muito importante para os municípios do extremo-oeste.

Luiz ressalta que a população está cada vez mais inserida no contexto social, no sentido de ajudar direta, ou indiretamente no Hospital, seja com doações feitas ao Hospital de Descanso, ou participando de ações da cooperativa. "O reflexo disso mostra que no ano de 2019 foi realizado um investimento que permitiu a instalação da energia fotovoltaica no Hospital, onde está ocorrendo uma redução no valor a ser pago. Em épocas de pico, o valor pago variava entre R$ 4.000,00 a R$ 4.500,00, e atualmente a fatura está abaixo de R$ 300,00". 

Fotos:
Fonte: Rádio Progresso