AO VIVO
Fechar
© 2020 - Rádio Progresso Todos direitos reservados

Frigorífico no Oeste é interditado por irregularidades na prevenção ao novo coronavírus

Unidade tem 86 funcionários com diagnóstico confirmado de Covid-19. Fiscalização constatou ausência de distância segura entre os trabalhadores, entre outros problemas.

Por Rádio Progresso
Postado em 19 de maio de 2020 às 08:19.49

Um frigorífico de aves em Ipumirim, no Oeste catarinense, foi interditado nesta segunda-feira (18) devido a irregularidades na prevenção ao novo coronavírus. A medida foi tomada durante fiscalização da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, vinculada ao Ministério da Economia. A unidade tem 86 trabalhadores com Covid-19 que moram em Ipumirim e municípios vizinhos. O fechamento é válido por, pelo menos, 7 dias.

A empresa é da Seara Alimentos, do Grupo JBS. Por nota, a JBS disse que adota protocolo rígido de prevenção seguindo orientação dos órgãos de saúde e que vai tomar medidas judiciais. Informou que lamenta a interdição e que isso não reflete a realidade das operações e das medidas implementadas naquela unidade.

A unidade tem 1,5 mil trabalhadores. Conforme a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho (MPT-SC), houve casos de funcionários com Covid-19 ou que receberam prescrição de remédios que vêm sendo usados para tratar da doença que não foram afastados das funções.

Um inquérito civil para apurar as irregularidades está em andamento na Procuradoria do Trabalho no Município de Joaçaba (PTM). Os procuradores responsáveis avaliam quais medidas serão tomadas a partir do fechamento da unidade. O MPT-SC investiga ainda casos em Chapecó, no Oeste, e Nova Veneza, no Sul.

A cidade de Ipumirim tem, segundo os dados do governo de Santa Catarina, 30 pessoas com coronavírus.

Fotos:
Fonte: G1