09/08/2019 14:20 (atualizado em 09/08/2019 14:24)

Descanso registra 60 focos do mosquito aedes aegypti no município

OUVIR ÁUDIO DA MATÉRIA
Coordenadora da vigilância epidemiológica Edilene Lorenski

A Vigilância Epidemiológica de Descanso registrou até o final da tarde de ontem quinta-feira, 60 focos do mosquito aedes aegypti (causador de doenças como a zika, dengue e chikungunya), encontrados durante o ano de 2019 no município.

Coordenadora da Vigilância Epidemiológica Edilene Lorenski (Foto: Daniela Scarioto/Rádio Progresso)

Conforme a coordenadora da epidemiologia Edilene Lorenski, com a volta do calor os novos focos do mosquito voltam a aparecer nas armadilhas e pontos estratégicos, por isso, é importante que a população tenha alguns cuidados.

“Após o inverno é preciso revisar as calhas e como tivemos frio intenso, é preciso cortar os pés de mamoeiro que foram mortos pela geada até no chão, ou colocado terra em sua base, pois ele faz acúmulo de água, além disso, eu chamo atenção para a casca do abacate que é um criadouro natural.” Explica Edilene.

Ela lembra ainda, que quem tiver pneus em casa e não sabe como descartar, podem estar levando na garagem da prefeitura durante todo ano, neste mês de agosto também está ocorrendo a campanha de recolha de vidros.

Veja fotos da matéria

Fonte: Rádio Progresso/Daniela Scarioto

Mais notícias