02/07/2019 08:21

Eclipse solar será visível de forma parcial no Brasil; saiba como será Visualização do fenômeno será total apenas em uma faixa de terra entre o Chile e Argentina. Conheça outros fatos que já marcaram a observação do céu pelos brasileiros.

Nesta terça-feira (2), o Chile e a Argentina terão a oportunidade de assistir a um eclipse solar total. No Brasil, teremos a mesma chance apenas em 2045. Desta vez, vamos poder ver a versão parcial do que acontecerá nos países vizinhos, quando apenas parte do Sol é "escondida" pela Lua.

Ainda assim, nem todos os estados do Brasil conseguirão assistir. Além disso, o tempo precisa colaborar, sem muitas nuvens.

Trajetória e duração

A visualização do eclipse começará sobre o oceano às 13h55 (horário de Brasília) e às 18h50 o último ponto na superfície terrestre verá o fim do eclipse. Justamente por isso, os horários variam conforme a localização da cidade. No Brasil, o evento vai ocorrer já no fim da tarde e será visto em 14 das 27 capitais brasileiras.

Como assistir

Os eclipses solares, parciais ou totais, não podem ser assistidos a olho nu. É importante comprar um óculos especial. Não adianta: existe o risco de criar uma lesão permanente na visão. Já tentou olhar fixamente para o Sol na praia? Dói, e isso acontece porque os raios não fazem bem para os olhos.

Não vale usar: óculos escuros, chapa de raio-x e filme de câmera fotográfica analógica. Os óculos especiais são vendidos pela internet. Outra opção é usar um vidro “lente de soldador”, com coloração 14, tipo encontrado em vidraçarias e com um valor abaixo de R$ 10.

Quem quiser ficar em casa, ou ver um pouco de como será no Chile e na Argentina, poderá acompanhar a cobertura em tempo real do G1.

Veja fotos da matéria

Fonte: G1

Mais notícias