04/06/2019 07:39

Sisu abre inscrições nesta terça-feira com 1,3 mil vagas em SC Inscrições podem ser feitas até sexta-feira (7) para a Udesc, IFSC e UFFS.

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre de 2019 abre as inscrições nesta terça-feira (4) com a oferta de 59 mil vagas em instituições públicas de ensino superior. Podem concorrer estudantes que fizeram a última edição do Enem, em 2018.

As vagas são distribuídas em 1.731 cursos de 76 instituições de todo país, segundo informações divulgadas pelo MEC (Ministério da Educação) nesta segunda (3). Em Santa Catarina, são 1,3 mil posições disponíveis na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

O IFSC é a instituição que oferecerá o maior número de vagas. Serão 792 possibilidades de estudar em um dos 21 cursos disponíveis, nos campi de Chapecó, Florianópolis, Gaspar, Itajaí, Jaraguá do Sul-Centro, Jaraguá do Sul-Rau, Joinville, Palhoça Bilíngue e São José.

Na Udesc, há outras 345 vagas, espalhadas pelas cidades de Balneário Camboriú, Lages, Joinville, Laguna, Ibirama, Florianópolis, Chapecó, São Bento do Sul e Pinhalzinho.

Já a UFFS terá 190 vagas para o campus de Chapecó. Dessas, 40 são para o curso de medicina. Além das vagas em Santa Catarina, a instituição tem outras 50 vagas, também para medicina, mas no campus de Passo Fundo, no interior do Rio Grande do Sul.

Como funciona a inscrição

Instituições de ensino superior que adotam o Enem como processo seletivo disponibilizam as vagas no Sisu. Os candidatos terão até a próxima sexta-feira (7), às 23h59min, para se inscrever no sistema, disponível no site do Sisu.

Durante o período de inscrição, o Sisu calcula, uma vez por dia, as notas de corte por curso, turno e modalidade (como cotistas). Os candidatos podem solicitar até duas opções na inscrição. O resultado da primeira chamada sai no dia 10 de junho. As matrículas devem ocorrer entre 12 e 17 de junho.

O prazo para manifestar interesse na lista de espera, caso o candidato não seja aprovado, será de 11 a 17 de junho. A convocação ocorre após o dia 19 do mesmo mês.

 

Fonte: DC

Mais notícias