18/07/2018 14:04

Acesso a tratamento contra Aids bate recorde, mas ONU alerta para falta de verba Maior contribuição no combate à doença vem dos Estados Unidos. Mas, sob a administração Trump, Washington prevê cortes importantes no orçamento.

Os números revelam um recorde importante: três a cada cinco soropositivos do mundo têm acesso a tratamentos antirretrovirais, indica um relatório da Unaids nesta quarta-feira (18). Por outro lado, a ONU teme que a falta de verba a impeça de manter esse patamar de luta contra a Aids.

Ao todo, atualmente, 21,7 milhões de pessoas são medicadas contra a Aids: a maior proporção já atingida na história, afirma a Unaids, programa da ONU que coordena ações contra a doença.

A luta contra a Aids no mundo, no entanto, enfrenta um paradoxo. Ao mesmo tempo que se atingiu o recorde de tratamento de soropositivos, o diretor-executivo da Unaids, Michel Sidibé, teme não conseguir manter esses números. Segundo ele, faltam US$ 7 bilhões por ano para os programas de combate à doença.

Fonte: G1

Mais notícias