13/06/2018 08:18 (atualizado em 13/06/2018 08:29)

Fiéis celebram nesta quarta-feira a devoção a Santo Antônio, um dos santos mais populares O Santo é o Padroeiro da Diocese de Chapecó e o bispo o define como o "gigante da fé"

OUVIR ÁUDIO DA MATÉRIA
Padre Ignácio e Dom Odelir falam sobre a história de Santo Antônio

Nessa quarta-feira, dia 13 de junho, a Igreja Católica celebra um de seus santos mais populares: Santo Antônio. Segundo a história, Santo Antônio de Pádua era português e nasceu em 1195, em Lisboa. Fez seus estudos filosóficos e teológicos em Coimbra e foi lá também que se ordenou sacerdote.

Com apenas vinte e seis anos de idade, foi eleito Provincial dos franciscanos do norte da Itália, mas não ficou nesta função por muito tempo. Seu desejo era pregar e rumou pelos caminhos da Itália setentrional, praticando a caridade, catequizando o povo simples, dando assistência espiritual aos enfermos e excluídos e até mesmo organizando socialmente essas comunidades.

Santo Antônio é também considerando, em linguagem popular, o santo casamenteiro. Ele é venerado popularmente por ajudar a arranjar casamentos. A fama de casamenteiro conferida ao santo é resultado da expressão popular. No Brasil, o Santo é homenageado numa das festas mais alegres e populares, as festas juninas. O mês de Junho é especial, pois a Igreja celebra a vida de muitos santos populares, cujas festas são comemoradas em milhares de comunidades.

Santo Antônio é o padroeiro da diocese de Chapecó. O bispo Dom Odelir José Magri afirma que o santo pode ser visto como o gigante da fé. A nossa reportagem conversou com o Bispo e com o padre Ignácio Kolling, pároco da Paróquia Santíssima Trindade de Tunápolis. Ouça a reportagem no link acima.

Veja fotos da matéria

Fonte: Vanduir Matias/Rádio Tunaporã

Mais notícias