14/11/2017 02:15

Itália só empata com a Suécia e fica fora da Copa de 2018 Azzurra havia sido superada por 1 a 0 no primeiro confronto da repescagem contra a Suécia

Uma tetracampeã mundial está fora da Copa da Rússia. A Itália tombou nesta segunda-feira, no estádio Giuseppe Meazza, em Milão, ao apenas empatar com a Suécia. O 0 a 0 acabou sendo fatal à Azzurra, que perdeu o primeiro confronto, por 1 a 0, em Estocolmo.

No país de Buffon, coube ao goleiro sueco Olsen ser o grande destaque de uma partida onde a Itália conseguiu as principais oportunidades. O arqueiro sueco protagonizou pelo menos três boas defesas ao longo do duelo, a última delas aos 41 do segundo tempo, depois de uma bomba de El Shaarawy de dentro da área.

O empate após a derrota fora de casa custou a vaga no Mundial à Itália, presente em todas as edições desde 1962. Já a Suécia volta a garantir uma vaga na Copa depois de 11 anos – a última participação foi ena Alemanha-2006. Na repescagem europeia, Suíça e Croácia já haviam garantido seus lugares ontem. Nesta terça, Dinamarca e Holanda – que empataram sem gols no primeiro jogo – definem o último representante do continente.

Com seu bom trio de zagueiros formado por Barzagli, Bonucci e Chiellini, além de Immobile no comando do ataque, mas Insigne no banco, a seleção italiana fez o esperado e iniciou o jogo pressionando a Suécia. A falta de qualidade na troca de passes, contudo, era evidente. Recuada e apostando nos contra-ataques, a Suécia não tinha grandes dificuldades para neutralizar o ataque adversário. Tanto que a primeira chance italiana veio apenas aos 26: Immobile recebeu de Jorginho, cruzou rasteiro, a bola atravessou a pequena área e ninguém apareceu para empurrar. Candreva ainda aproveitou e finalizou por cima.

Jogador mais perigoso da seleção italiana, Immobile seguia se movimentando bem. Aos 39, novamente dentro da área, ele recebeu, girou e bateu prensado com o goleiro - Lustig afastou antes que a bola entrasse.

A tônica da partida permaneceu a mesma no segundo tempo: enquanto a Suécia recuava, a Itália tentava evitar o vexame com uma pressão atabalhoada. Ainda assim, quase abriu o placar com um golaço aos oito minutis, quando Florenzi acertou belo voleio. A bola saiu rente à trave esquerda.

A tensão, então, passou a aumentar a cada minuto. A seleção italiana ainda acertou o travessão, em cruzamento de Florenzi que desviou na zaga. Era pouco. Com uma grande dificuldade de criação, a equipe protagonizou um vexame histórico e ficará fora de uma Copa após 60 anos. Será, ainda, a única campeã mundial não classificada para a Copa da Rússia.

 

Veja fotos da matéria

Fonte: Correio do Povo

Mais notícias