16/03/2017 09:10

Morre agricultor que ficou mais de 20h prensado por árvore no interior de Belmonte Acidente ocorreu no dia 30 de janeiro. Homem foi encontrado no dia seguinte com escoriações, dificuldade na fala e nos movimentos

Morreu na madrugada desta quinta-feira (16), no Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó, Reni Sotilli, de 55 anos. O agricultor era morador da comunidade de linha Lajinha, em Belmonte, e estava internado desde o dia 31 de janeiro, após ficar mais de 20h prensado por uma árvore.

O acidente aconteceu ainda no dia 30 de janeiro. O homem teria saído de casa para cortar galhos de um pé de canela, localizado no potreiro de sua propriedade, e ficou desaparecido por mais de 20h.

Segundo a família, Reni teria o costume de sair de casa sem dar notícias e, muitas vezes, passar a noite fora. Esse teria sido o motivo para que ele não tivesse sido procurado antes.

O acidente ocorreu quando um galho caiu sobre o trabalhador e atingiu suas costas. Ele sofreu queda e ficou sem mobilidade. Ao ser localizado, o agricultor apresentava diversas escoriações, dificuldade na fala e nos movimentos. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a suspeita era de que a vítima tivesse fraturado a coluna.

Na época, Reni foi levado ao Hospital Regional do Extremo-Oeste (HRE), em São Miguel do Oeste, porém, devido a gravidade dos ferimentos, foi transferido para Chapecó.

O corpo está sendo velado na Igreja Católica de linha Lajinha. O sepultamento deve ocorrer no cemitério da comunidade. O horário ainda não foi marcado.

Fonte: Rádio Progresso

Mais notícias