11/01/2017 13:49 (atualizado em 11/01/2017 13:53)

Notificação da ARESC preocupa administração de Tunápolis Prefeitura de Tunápolis recebe notificações da fiscalização sobre o fornecimento de água desde 2011.

OUVIR ÁUDIO DA MATÉRIA
Prefeito de Tunápolis fala sobre as adequações no fornecimento de Água

A Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (ARESC) é um órgão responsável pela fiscalização e regulação dos serviços públicos no Estado de Santa Catarina. O órgão que é composto por uma equipe de técnicos e profissionais, atua principalmente na fiscalização do abastecimento e tratamento de água nos municípios catarinenses.

A ARESC tem acompanhado e monitorado o sistema de abastecimento de água no município de Tunápolis há vários anos e desde Agosto de 2011 pede adequações e melhorias na captação e no tratamento.

Prefeito de Tunápolis Renato Paulata. Foto: Vanduir Matias/Rádio Tunaporã

O Prefeito Renato Paulata atendeu a reportagem da Rádio Tunaporã para explicar o caso, que é complexo. Paulata afirmou que o relatório é amplo e as exigências feitas são diversas.

Como não foi feito um cronograma para resolver as pendências, em 2016 o órgão emitiu uma advertência a administração municipal de Tunápolis. A advertência é o último procedimento antes da aplicação de multa. O Prefeito Renato Paulata explica que durante a transição, de novembro a dezembro de 2016, foi acordado um prazo para o município fazer as adequações. “Solicitamos de 18 e 24 meses para fazer as adequações”, afirma.

O Prefeito disse que uma das exigências da ARESC é cercar todos os locais de captação da água que abastecem o fornecimento da água na cidade, Pitangueira, Linha Fátima e São Pedro. “Essa não é uma questão simples, pois na grande maioria dos casos se trata de açudes particulares”.

O procedimento da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (ARESC) é fazer o levantamento e em caso de adequações a serem feitas o município recebe um relatório do que precisa ser solucionado. Após este processo cabe uma notificação, advertência e multa.

O abastecimento de água para a cidade de Tunápolis opera no limite, desde a captação e o tratamento da água. Segundo o Prefeito, atualmente são consumidos 400 mil litros de água por dia na cidade de Tunápolis. Ele afirma que uma equipe vai estudar uma alternativa para fornecimento da água na cidade e não descarta a construção de uma nova Estação de Tratamento.

O Prefeito pede que o uso racional da água seja uma opção de todas as pessoas. Mesmo que haja chuva abundante, usar a água de forma consciente é uma forma com que as pessoas podem colaborar com o poder público.

Ouça a reportagem completa no link do topo da matéria.

Estação de Tratamento de Água na cidade de Tunápolis. Foto: Vanduir Matias/Rádio Tunaporã

Veja fotos da matéria

Fonte: Tunaporã AM 1260

Mais notícias