15/04/2019 15:28

Damares Alves virá a Balneário Camboriú para lançar programa de atenção aos idosos A cidade recebeu diversos prêmios nacionais por programas aplicados aos idosos, e é a única no país a ter o selo internacional de cidade amigável ao idoso.

Damares Alves (Foto: Valter Campanato, Agência Brasil)

A polêmica ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, deve vir a Balneário Camboriú  no dia 25 de abril para o lançamento do programa Viver - Envelhecimento Ativo e Saudável, da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI). A informação é da Secretaria Municipal de Inclusão Social, que intermediou a agenda.

O projeto-piloto, que é uma versão atualizada dos telecentros, com maior oferta de inserção dos idosos em novas tecnologias, será aplicado em cinco cidades no país. Além de Balneário Camboriú, também estão na lista Betim (MG), Parnamirim (RN), Formiga (MG) e Brasília, onde a primeira unidade foi inaugurada no início do mês.

A secretária municipal de Inclusão Social, Christina Barichello, que intermediou a vinda da ministra, diz que Balneário Camboriú foi escolhida para inserção no programa pelo destaque que ocupa em políticas públicas para a população idosa. A cidade recebeu diversos prêmios nacionais por programas aplicados aos idosos, e é a única no país a ter o selo internacional de cidade amigável ao idoso.

Proteção à mulher

A visita de Damares ainda não consta na agenda oficial do Ministério. Na prefeitura, fala-se que começará pela manhã e a agenda deve se estender durante o dia todo, na companhia do secretário nacional da SNPDI, Antônio Costa.

Christina pretende pedir à ministra que traga à Balneário Camboriú a primeira unidade catarinense do programa Casa da Mulher Brasileira, que oferece suporte jurídico para mulheres vítimas de violência.

Veja fotos da matéria

Fonte: NSC Total

Mais notícias