11/02/2019 22:15 (atualizado em 11/02/2019 22:19)

Um dia para história: dois golaços de Allan Spies e uma dedicatória! Atleta do Grêmio Tunense marca dois gols em dia especial e dedica ao pai, cujo aniversário de falecimento completou 17 anos.

O dia 10 de fevereiro de 2019 entrou para a história de Allan Spies. Em jogo realizado na comunidade de Beato Roque, São João do Oeste, o camisa 10 do Grêmio Esportivo Tunense marcou os dois gols no empate em 2 x 2 com o Cometa, na abertura do Campeonato Regional.

Allan Spies. Foto: Vanderlei Looks/Jornal Expressão

E não foram apenas gols. Foram dois golaços. O primeiro, uma pancada de fora da área. Bem ao estilo da sua “canhota de ouro”. “Nenhum goleiro chega nessa bola”, afirmou o goleiro Delacir do Cometa, reconhecendo todos méritos do chute. O segundo, foi uma jogada coletiva na superação e ele escorou de cabeça, a bola bateu no travessão e entrou. 

O pai de Allan faleceu em 08 de fevereiro de 2002, portanto, há 17 anos. Élio Spies, foi diagnosticado com câncer aos 26 anos de idade. Seu filho Allan ainda estava no ventre da mãe Rita. Num primeiro momento, venceu a ‘batalha’.

Quando a doença voltou, Élio iniciou uma verdadeira luta para continuar vivendo. Quem vê e acompanha o Allan dentro das quatro linhas tem impressão que a sua dedicação está inspirada na luta do seu pai. No entanto, seu pai queria apenas viver.

Por mais que Élio nunca aceitou a doença, é possível crer que no seu imaginário, sabia que a luta era dura, por isso transformou tudo em amor e cuidado para com o filho.

Quis o destino, que Élio partisse desta para a outra vida em 08 de fevereiro de 2002. Allan estava prestes a completar 15 anos. Seu aniversário é em 14/02.

Dois dias após o falecimento do pai completar 17 anos, Allan teve uma atuação de gala. Foram dois golaços e uma dedicatória: SEU PAI. Aquele bravo homem que lutou para continuar vivendo.

O momento mexeu com o jogador, que lembra do momento difícil que ele e sua mãe passaram. Pelo fato de Allan ser filho único, Rita sofreu muito com aquela situação. Hoje, a mãe acompanha o filho em todos os jogos possíveis ou torce ouvindo pelo Rádio.

Atualmente, Allan é casado com Dalila Busnello Spies e pai de Arthur. A família se prepara para acolher Thomás, que vai nascer em abril. Profissional do Corpo de Bombeiros, dedica muito tempo a família, sua maior alegria. A vida dura lhe ensinou que há coisas que não voltam, por isso, é preciso cultivá-las. É o amor que aprendeu do seu pai!

Allan Spies (centro) comemora o 2º gol no jogo. Foto: Vanderlei Looks/Jornal Expressão

Veja fotos da matéria

Fonte: Vanduir Matias/Rádio Tunaporã

Mais notícias