01/02/2019 02:30

Grêmio goleia o São Luiz em grande atuação de Marinho Tricolor aplicou 4 a 0 com amplo domínio da partida

O Grêmio teve mais uma grande atuação no Gauchão, viu Marinho brilhar e goleou o São Luiz por 4 a 0, nesta quinta-feira, pela quarta rodada da competição. O atacante comandou o setor ofensivo e marcou um golaço para construir a goleada na Arena.

Com a vitória, o Tricolor passa a ser o líder isolado, com 10 pontos. A equipe de Renato Portaluppi volta a campo no domingo, na Serra, quando visita o Caxias, no Estádio Centenário. Lanterna, com 2 pontos, o São Luiz tentará a reabilitação contra o Novo Hamburgo.

Imposição e vitória natural

O Tricolor impôs um amplo domínio aos visitantes, na etapa inicial. Cortez e Marinho, muito acionados, aproveitaram espaços para colocar a bola na área com perigo. Além disso, os defensores de Ijuí só conseguiam parar a armação gremista nas faltas, o que acabou gerando o gol.

Everton foi lá incomodar a zaga já aos dois minutos. Ele conseguiu limpar a jogada de Pablo e invadiu a área, onde foi derrubado, mas a arbitragem não viu penalidade. No contragolpe, o São Luiz deu seu único chute de uma longa etapa sob pressão. Clayton recebeu passe na meia-lua e bateu de três dedos, para fora.

Cortez voltou a acionar Everton aos cinco. O cruzamento saiu na pequena área, o atacante dominou e preparou o voleio, mas foi travado por Thiago Alagoano. Quem já aparecia bem na partida era Marinho, se apresentando pelo meio e pela direita para combinar jogadas, principalmente com Luan.

Aos 13, ele bateu uma falta da direita, com extremo perigo. Surpreendeu Carlão com um chute rente ao poste direito, mas o goleiro fez a defesa, todo atrapalhado. Aos 14, contudo, o São Luiz não aguentou a pressão. Jael bateu falta com muita força, da intermediária. O goleiro Carlão deu rebote para a frente e Everton surgiu livre. De primeira, fulminou para o 1 a 0.

Marinho ainda tentou o gol mais algumas vezes. Chegou a sofrer falta dentro da área, pela qual Vuaden não anotou o pênalti. Depois recebeu na direita de Everton, ajeitou para o meio e chutou firme, buscando o ângulo direito. Errou por pouco e o 1 a 0 acabou barato para os visitantes antes do intervalo.

Marinho brilha e Grêmio goleia

O São Luiz até tentou começar o segundo tempo em cima do Grêmio, ensaiou uma pressão e foi parado imediatamente pelo nome do jogo. Marinho, aos cinco minutos, fez seu maior gol até aqui com a camisa do Grêmio. O atacante recebeu na direita, cortou em velocidade para a meia-lua e preparou o canhão. Soltou um chutaço no ângulo esquerdo e correu para o abraço com o 2 a 0.

Everton testou Carlão aos 9 minutos. Ele dominou na esquerda e teve liberdade para centralizar na área. Chutou forte, mas em cima do goleiro do São Luiz. Tinha mais Marinho, contudo. Aos 11, ele começou mais uma grande jogada na direita e bateu forte no canto direito. Carlão defendeu, só que sobrou para Jael. O centroavante cutucou para o gol e Pablo bloqueou com a mão. Pênalti! Luan bateu firme no canto direito e decretou goleada de 3 a 0.

Marinho por pouco não ampliou aos 16. Após triangulação com Luan e Everton, bateu colocado e encobriu o goleiro. A bola caprichosamente explodiu no travessão sobre o ângulo esquerdo. Foi a última jogada do atacante, antes de sair aplaudido para a estreia de Montoya.

Na sua primeira participação com a camisa gremista, o argentino foi um substituto à altura. Aos 36, o argentino recebeu o lançamento de Rômulo, driblou o zagueiro com uma janelinha e bateu cruzado, firme no canto esquerdo. Carlão só olhou a bola passar para o placar final da partida, de 4 a 0.

Gauchão - 4ª rodada

Grêmio 4

Paulo Victor; Leo Gomes, Geromel, Paulo Miranda e Cortez; Michel, Maicon (Rômulo) e Luan; Jael (Vizeu), Everton e Marinho (Montoya). Técnico: Renato Portaluppi.

São Luiz 0

Carlão; Maicon, Pablo, Thalheimer e Marcio Goiano; Clayton, Regis, Anderson Paraíba (Jefherson Falcão) e Tauã (Janderson); Thiago Alagoano (Vavá) Marcão. Técnico: Paulo Henrique Marques.

Gols: Everton (17min/1ºT), Marinho (5min/2ºT), Luan (11min/2ºT), Montoya (36min/2ºT).

Cartões amarelos: Pablo e Marcão (S).

Árbitro: Leandro Vuaden.

Local: Arena.

Veja fotos da matéria

Fonte: Correio do Povo

Mais notícias