26/01/2019 08:13

Santa Catarina envia reforço para ajudar nas operações de resgate em Brumadinho, Minas Gerais Nove bombeiros, viaturas e cães farejadores seguem ainda nesta sexta-feira para estado mineiro onde ocorreu o rompimento de barragens da Vale.

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina vai enviar apoio às operações em Brumadinho, na região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Na tarde desta sexta-feira (25) barragens da Vale se romperam na localidade. Um mar de lama avançou sobre a área administrativa da empresa e casas na área rural da cidade. Sete feridos já foram levados para o hospital e os bombeiros confirmam que há cerca de 200 desaparecidos.

Para ajudar nas buscas, nove bombeiros militares de Santa Catarina, três viaturas 4x4, três duplas de cães e tutores, além de dois drones com pilotos estão a caminho de Porto União, no Planalto Norte, onde irão se encontrar com outras equipes para seguir viagem para Minas Gerais.

Além dos enviados, mais oito bombeiros militares, duas viaturas tracionadas e dois binômios estão de prontidão em seus quartéis para, caso seja necessário, serem encaminhados também para Minas Gerais.

Os bombeiros catarinenses fazem parte das 14 equipes de força-tarefa espalhadas pelo estado, com homens e mulheres treinados para atuar em situações como essa. O comando-geral do Corpo de Bombeiros informou que o apoio não prejudicará o atendimento em Santa Catarina.

Acidente

O rompimento ocorreu no início da tarde de hoje, na Mina Feijão. A Vale informou sobre o acidente à Secretaria do Estado de Meio-Ambiente às 13h37. Os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco.

Sete feridos chegaram, até as 19h, ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O Corpo de Bombeiros confirmou por volta das 17h que havia aproximadamente 200 pessoas desaparecidas.

A empresa diz que havia empregados no local e que há possibilidade de vítimas. Segundo os Bombeiros, um refeitório da empresa foi atingido. Ainda não há informação sobre a causa do rompimento.

Veja fotos da matéria

Fonte: G1 SC

Mais notícias